top of page

Cotação do Ouro Atinge Máxima Histórica

A cotação do ouro teve forte alta hoje, superando os US$2.300 por onça-troy, sustentadas por compras no mercado físico, em especial de investidores chineses.


O preço do ouro já vinha obtendo uma alta nos últimos dias, influenciado por vários fatores. No final de 2023, a bolsa de valores de Nova Iorque registrou uma tendência de crescimento no preço do ouro, impulsionada pela sensação de risco de inflação e agravamento na economia dos Estados Unidos. Neste ano de 2024, a alta do ouro deve se manter no principal centro econômico norte-americano, pois historicamente o metal desempenha um papel de segurança em momentos de crise. Além disso, a crescente demanda pelos bancos centrais pela compra do ouro para suas economias, especialmente por parte da China, também está influenciando a tendência de alta.


Em meio a uma disparada do ativo Bitcoin, o ouro renovou sua máxima em meio a um impulso do Bitcoin, que é apontado como sua versão digital. O Bitcoin superou seu topo histórico, ultrapassando pela primeira vez o patamar de US$ 69 mil, impulsionado pelos novos ETFs à vista de Bitcoin nos EUA.


O ouro fechou em máxima histórica nesta quarta-feira (3), com a perda de fôlego do dólar hoje e declarações do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), Jerome Powell. Além disso, um declínio contínuo nos retornos dos títulos públicos e a expectativa de corte dos juros pelo Federal Reserve também estão apoiando o metal nos últimos dias.


Portanto, a alta do ouro nos últimos dias é influenciada por fatores como a sensação de risco de inflação e agravamento na economia dos Estados Unidos, a crescente demanda pelos bancos centrais, a instabilidade geopolítica e a incerteza do mercado, e a expectativa de corte dos juros pelo Federal Reserve.


A questão que surge é: Devo investir em ouro? A resposta é: SIM, sempre.


Gráfico da cotação do ouro nos últimos cinco anos.



3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page